A ADSORÇÃO DE PROTEINAS NO ESPAÇO DE OSTEOCONDUÇÃO
PDF

Palavras-chave

osseointegração
implantes dentários
implantes de titânio
biomateriais
adsorção de proteinas osseointegration
dental implants
titanium implants
biomaterials
protein adsorption

Como Citar

Rosa de Almeida, A. C. ., Serqueira da Silva, N. ., Nascimento, M., Martins de Souza, B. ., & Tany Posh, A. . (2022). A ADSORÇÃO DE PROTEINAS NO ESPAÇO DE OSTEOCONDUÇÃO. Brazilian Journal of Implantology and Health Sciences , 4(4), 08-16. https://doi.org/10.36557/2674-8169.2022v4n4p08-16

Resumo

Introdução: o processo de osseointegração é um processo que permite a interação dos implantes de titânio com o tecido ósseo. No qual essa interface é permeada por um ancoramento proteico de modo em que o biomaterial não fica em contato direto com o periósteo. Objetivo: essa revisão de literatura busca apresentar o processo de adsorção de proteínas em implantes osseointegráveis destacando as principais proteínas que participam desse processo. Metodologia: a pesquisa foi realizada nas plataformas PubMed, SciELO, e Google Acadêmico com artigos publicados entre o período de 2008 a 2022, nos idiomas português e inglês. Resultados: logo após a instalação do implante, ocorre a formação de uma matriz provisória de fibrina (processo de angiogênese) que precede a osseointegração. Em seguida, no espaço de osteocondução, ocorre a interação entre a superfície do implante de titânio com proteínas da membrana plasmática das células. Assim, essa interação proteica subsidiará o ligamento peri-implantar. Contudo, diferentes fatores como propriedades de superfície dos implantes e propriedades das proteínas podem influenciar nesse processo de adsorção. Conclusão: nesse sentido, pode-se presumir que a adsorção de proteínas é um mecanismo imprescindível para o sucesso da osseointegração em implantes de titânio e ligas de titânio.

https://doi.org/10.36557/2674-8169.2022v4n4p08-16
PDF

Referências

Nascimento M. Interação Célula-Proteína-Implante no Processo de Osseointegração: Interação Célula-Proteína-Implante. Braz. J. Implantol. Health Sci. 14 de março de 2022;4(2):44-59. DOI: 10.36557/2674-8169.2022v4n2p44-59

Mendes VC, Davies JE. Uma nova perspectiva sobre a biologia da osseointegração / A new perspective in the biology of osseointegration. Rev. Assoc. Paul. Cir. Dent;70(2):166-171, abr.-jun. 2016. ilus, graf.

Davies JE. Bone bonding at natural and biomaterial surfaces. Biomaterials. 2007;28(34):5058–67

Moura JVF, Nascimento M, de Souza BM, Posch AT. O Processo de Angiogenese e Integração em Implantes Osseointegráveis de Titânio. Braz. J. Implantol. Health Sci. 25 de maio de 2022;4(3):18-32. DOI: 10.36557/2674-8169.2022v4n3p18-32

Barberi J. Spriano S. Titanium and Protein Adsorption: An Overview of Mechanisms and Effects of Surface Features. Materials. 2021, 14, 1590.

Othman Z, Pastor BC, van Rijt S, Habibovic P. Understanding interactions between biomaterials and biological systems using proteomics. Biomaterials. 2018. doi: 10.1016/j.biomaterials.2018.03.020

Kastantin M, Langdon BB, Schwartz DK, A bottom-up approach to understanding protein layer formation at solid-liquid interfaces, Adv. Colloid Interface Sci. 2014; 207, 240e252, https://doi.org/10.1016/j.cis.2013.12.006.

Rabe M, Verdes D, Seeger S. Understanding protein adsorption phenomena at solid surfaces, Adv. Colloid Interface Sci. 2011;162 87e106, https:// doi.org/10.1016/j.cis.2010.12.007.

Brito TO, Nascimento M, Rocha AML, Nattrodt ARA, Marques AA, Netto MCB, Lima MPS, Souza BM, Morales LMM, Elias CN. A influência da rugosidade nos mecanismos da osseointegração de implantes: uma revisão de literatura. Odontologia: pesquisa e práticas contemporâneas - Volume 2. 2ed.: Editora Científica Digital, 2021, v. 2, p. 40-58

Ferraris S, Cazzola M, Peretti V, Stella B, Spriano S. Zeta potential measurements on solid surfaces for in Vitro biomaterials testing: Surface charge, reactivity upon contact with fluids and protein absorption. Front. Bioeng. Biotechnol. 2018; 6:1–7. doi: 10.3389/fbioe.2018.00060

Ionita D, Popescu R, Tite T, Demetrescu I. The Behaviour of Pure Titanium in Albumin Solution. Mol. Cryst. Liq. Cryst. 2008, 486, 166–174.

Imamura K, Shimomura M, Nagai S, Akamatsu M, Nakanishi K. Adsorption characteristics of various proteins to a titanium surface. J. Biosci. Bioeng. 2008; 106:273–278. doi: 10.1263/jbb.106.273.

Lefaix H, Galtayries A, Prima F, Marcus P. Nano-size protein at the surface of a Ti-Zr-Ni quasi-crystalline alloy: Fibronectin adsorption on metallic nano-composites. Colloids Surf. A Physicochem. Eng. Asp. 2013;439:207–214. doi: 10.1016/j.colsurfa.2013.04.009.

Bai Z, Filiaggi MJ, Dahn JR. Fibrinogen adsorption onto 316L stainless steel, Nitinol and titanium. Surf. Sci. 2009;603:839–846. doi: 10.1016/j.susc.2009.01.040.

Blanquer A, Musilkova J, Barrios L, Ibáñez E, Vandrovcova M, Pellicer E, Sort J, Bacakova L, Nogués C. Cytocompatibility assessment of Ti-Zr-Pd-Si-(Nb) alloys with low Young’s modulus, increased hardness, and enhanced osteoblast differentiation for biomedical applications. J. Biomed. Mater. Res. Part B Appl. Biomater. 2018;106:834–842. doi: 10.1002/jbm.b.33892.

Lingli, X, Xingling S, Chun O, Wen L. In vitro Apatite Formation, Protein Adsorption and Initial Osteoblast Responses on Titanium Surface Enriched with Magnesium. Rare Met. Mater. Eng. 2017, 46, 1512–1517.

Soares P, Dias-Netipanyj MF, Elifio-Esposito S, Leszczak V, Popat K. Effects of calcium and phosphorus incorporation on the properties and bioactivity of TiO 2 nanotubes. J. Biomater. Appl. 2018, 33, 410–421.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022